DIGITAL WIFI

Fatores que interferem na estabilidade da conexão

Oferecer um serviço de conexão à internet de qualidade é a premissa da Prestek. Porém, alguns fatores externos podem influenciar na estabilidade da conexão e tornar o acesso uma dor de cabeça para os usuários. Felizmente, vários desses motivos podem ser resolvidos com simples configurações e alterações.
 Pensando nisso, preparamos o conteúdo a seguir para que você conheça alguns fatores capazes de prejudicar a velocidade da sua internet. Confira!

 1- Interferência de rede

A interferência contribui para a degradação do sinal de conexão e a estabilidade da rede de internet. Aparelhos que utilizam a mesma frequência dos roteadores afetam o desempenho do aparelho, resultando em uma conexão inferior. Para solucionar essa questão, procure sugerir a compra de telefones e eletrônicos que atuem em frequências diferentes do roteador principal. No caso do micro-ondas, que influencia apenas 2.4 Ghz, a solução é um roteador que atue em outra frequência, como a 5G. Em caso de interferência de vizinhos, a solução é usar canais diferentes para tentar ter uma recepção melhor. Os canais 1, 6 e 11 são os que menos causam interferência entre si.

 2- Equipamentos antigos e obsoletos

Algo que pode diminuir a velocidade da internet, assim como a capacidade de segurança, são os equipamentos ultrapassados. Isso porque as configurações de segurança dos itens mais antigos podem afetar a conexão. Nesses casos, a solução é realizar a troca dos aparelhos por algo mais atual, a fim de garantir uma melhor qualidade da conexão à internet.

Ou seja: trabalhar com tecnologias e equipamentos obsoletos certamente ocasionará falhas, lentidão e quedas de conexão. Por isso, um firmware ultrapassado também pode ser um grande problema, pois corre o risco de apresentar falhas devido a sistemas que já foram atualizados e estão aptos para disponibilizar uma qualidade bem maior.

A atualização não apenas amplia a velocidade, mas proporciona um serviço melhor a todos os usuários daquela internet.

3- Tecnologias sem qualidade

No mercado, existem diversas soluções que não entregam exatamente aquilo que de fato é oferecido — isso inclui desde roteadores até ferramentas próprias para um provedor. Assim, ao adquirir um dispositivo que não esteja em consonância com a sua apresentação, certamente você terá problemas para manter uma boa velocidade de internet.

Nessa perspectiva, é preciso analisar corretamente alguns aspectos para alcançar a qualidade ideal de conexão. No momento em que você se deparar com fornecedores de serviços para internet, veja se os equipamentos oferecidos apresentam procedência e qualidade confiáveis. É possível encontrar diversas análises sobre os aparelhos e suas vantagens ou desvantagens na própria web.

4- Problemas de software

Sempre que um usuário visita sites, os navegadores coletam e armazenam informações como nomes, senhas ou até os tipos de conteúdo que são acessados. Esses dados recolhidos são armazenados no seu disco rígido, que é conhecido como cookie.

Assim, com o passar do tempo, os cookies torna-se um dos fatores que interferem na estabilidade da conexão, principalmente se você visitar diversos sites em uma sessão de navegação. Apagar tais arquivos e o histórico de navegação ajuda bastante a melhorar a velocidade da internet. Então, realize esse procedimento pelo menos semanalmente, a fim de otimizar sua conexão.

5- Malware, spyware e vírus

Muitos usuários têm o costume de realizar downloads de arquivos. Porém, aqueles de redes peer-to-peer podem estar corrompidos com algum software nocivo, o que provoca lentidão na conexão à internet, além de prejudicar o computador.

Por conta disso, é muito importante que você ative a proteção em tempo real e atualize constantemente o anti spyware. Também é preciso fazer varreduras de vírus, a fim de que as infecções sejam detectadas e combatidas o mais rápido possível.

6- Recursos do computador ou notebook

Quem é apaixonado por games online sabe da necessidade de contar com recursos essenciais, principalmente porque o computador vai precisar executar aplicações em java, flash e até outras linguagens. Isso requer recursos tanto para manter o sistema em pleno funcionamento, o que chamamos de base, quanto para realizar a aplicação web.

Sendo assim, opte por navegadores mais leves e instale apenas os plugins ou as extensões exigidas. Quando não for mais usá-los, remova-os, pois ao serem abertos com suas extensões, acabam ficando disponíveis em segundo plano e consumindo recursos.

Muitas vezes, você acaba achando que a internet ficou mais lenta, mas na verdade é o seu computador que não está sendo capaz de alocar recursos para realizar as atividades designadas.

7- Propagação do sinal

Grandes volumes de água e de massa (como paredes, por exemplo) interferem na qualidade do sinal e na estabilidade da conexão. Em locais onde a distância do usuário até o ponto de roteamento Wi-Fi é grande, o ideal é que seja feito uma extensão de rede com um ponto de acesso.

Há diversas situações em que as pessoas acreditam estar com problemas na velocidade da internet quando, na verdade, a solução é ajustar a posição em que o roteador se encontra. Inclusive, você pode nem mesmo conseguir acessar a web de todos os locais da casa se existir algum bloqueio que interfira na distribuição do sinal.

Os modelos de roteador mais tradicionais apresentam um alcance de 300 metros, aproximadamente. Contudo, o distanciamento é bem menor na prática, uma vez que o sinal é reduzido de um local para outro por conta das paredes que fazem a divisão do espaço.

8- USO COMUM DO SINAL

Quando se mora em família ou com colegas de quarto, certamente há o compartilhamento de internet. Quanto mais pessoas estiverem utilizando a mesma banda, porém, menor será a velocidade da conexão.

Alguns serviços de internet acabam exigindo uma grande quantidade de dados. O streaming de vídeo e os downloads de arquivos, por exemplo, podem influenciar bastante na velocidade.

Outra questão a ser analisada é se o Bluetooth está ativado. Assim, caso você não esteja utilizando a função, certifique-se de desativá-la. Além de gastar mais bateria, essa tecnologia pode causar interferências no roteador quando é antiga.

Como vimos, existem diversos fatores que interferem na estabilidade da conexão. Portanto, é preciso adotar algumas práticas e optar por um serviço que forneça qualidade e seja capaz de sanar todas as suas necessidades.

E aí, gostou deste artigo? Aproveite os comentários para deixar suas dicas e sugestões, participe! Boa leitura e até a próxima!

Rolar para cima